Você está em: Início / Notícias / Governadores do NE pedem revisão de cortes da educação a Bolsonaro

Governadores do NE pedem revisão de cortes da educação a Bolsonaro

13/05/2019

Os governadores do Nordeste entregaram ao presidente Jair Bolsonaro, na última semana, uma carta pedindo a revisão do corte de 30% no orçamento das universidades e institutos federais de todo país. Belivaldo Chagas, que também assinou a carta, disse em entrevista para nossa reportagem que o pedido é para que o Governo Federal reveja a medida e calcule as consequências para a educação.

Todos os nove governadores do Nordeste assinaram o documento e entregaram em encontro pessoal com o presidente Jair Bolsonaro. Além do pedido de revisão do bloqueio dos recursos das universidades, os governadores também pediram a renovação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) – recursos que são exclusivos para a educação, cuja vigência se encerra em 2020.

Para Belivaldo Chagas, o fim do Fundeb traria bastante prejuízo, principalmente, para o interior sergipano. “Precisamos ter a garantia que ele será renovado. Se o Fundeb acabar, os municípios praticamente não teriam mais recursos nenhum. Precisamos dessa garantia e foi mais um dos nossos pedidos”, afirmou o governador.

O Governo Federal ainda não se pronunciou a respeita dos pedidos dos governadores e, até então, os cortes anunciados pelo Ministério da Educação na semana passada estão mantidos.


Veja também