Você está em: Início / Notícias / Edvaldo participa de entrega do Título de Cidadão Sergipano ao prefeito Padre Inaldo

Edvaldo participa de entrega do Título de Cidadão Sergipano ao prefeito Padre Inaldo

19/09/2017
O prefeito Edvaldo Nogueira participou, nesta segunda-feira, 18, da solenidade de entrega do Título de Cidadão Sergipano ao prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Padre Inaldo, na Assembleia Legislativa. A homenagem, de autoria do presidente do parlamento estadual, deputado Luciano Bispo, foi aprovada por unanimidade. 
 
“É uma grande homenagem ao Padre Inaldo, meu amigo, irmão, militante do PCdoB como eu, meu conterrâneo. Estou muito feliz em participar deste momento no qual o Padre Inaldo se torna um cidadão sergipano, pelos importantes serviços que prestou ao nosso Estado, seja na sua trajetória como sacerdote, como deputado estadual e agora como prefeito de Nossa Senhora do Socorro. Padre Inaldo, pela sua simplicidade, humildade e sensibilidade aos mais carentes é mais do que merecedor desta homenagem”, afirmou Edvaldo.
 
Em seu discurso, o Padre se emocionou em vários momentos, ao lembrar sua trajetória, ao lado dos seus familiares na sua cidade de origem, Colônia Leopoldina, em Alagoas, do período no Seminário Católico e toda a sua atuação como padre, numa paroquia do conjunto João Alves, em Nossa Senhora do Socorro. Ele agradeceu o apoio de todos os deputados estaduais nos dois anos em que ele foi parlamentar e expressou sua gratidão ao prefeito Edvaldo Nogueira.
 
“Edvaldo é mais que um amigo. Ele é um irmão. Nossa amizade se iniciou em 2012, quando eu fui candidato a prefeito pela primeira vez, pelo PCdoB, partido que me abriu as portas. Em 2014, estivemos novamente juntos. E em 2016, fomos eleitos prefeitos. Só Edvaldo e eu sabemos o que passamos. Dias difíceis, mas a nossa amizade se fortaleceu e fomos vitoriosos”, afirmou o Padre Inaldo. 
 
Ele também agradeceu ao autor da homenagem. “O momento é de muita gratidão ao deputado Luciano Bispo, por ter me dado essa oportunidade. Pela sua amizade e pela parceria. Os dois anos que eu passei aqui foi uma escola. Uma experiência onde consegui fazer verdadeiras amizades que me deram tantas alegrias e felicidades. Só tenho a agradecer a Deus e a Sergipe por me dar oportunidade de me acolher, na igreja, na Assembleia Legislativa e na Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro”, disse..
 
Ao responder o agradecimento, Luciano disse que o prefeito é quem merece todo reconhecimento daquela casa legislativa. “Quem tem que ser grato ao Padre Inaldo sou eu porque quando precisei dele pela primeira vez politicamente, ele votou em mim por duas vezes para assumir a presidência da Alese. Aqui, ele fazia o melhor para Sergipe e, com muita dedicação, cobrava melhorias para Nossa Senhora do Socorro. Fico muito feliz porque agora Padre Inaldo é sergipano de fato e de direito. Nós que somos gratos pela pessoa que ele é, pela simplicidade, respeito, ingenuidade, comportamento como cidadão e como político”, reconheceu.
 
Para Jackson, o título só oficializou aquilo que já existe na prática. “Essa foi uma homenagem muito correta e sábia do deputado Luciano Bispo. Eu conheço o Padre Inaldo profundamente, há mais de 15 anos. Sei da sua devoção, do seu amor, do seu carinho e da sua vida dedicada ao povo sergipano, particularmente ao povo de Socorro e, de forma mais direta, à comunidade carente do Mutirão do Conjunto João Alves. Ele edificou a igreja de São João Evangelista naquele conjunto; construiu Centro Comunitário; a Casa Paroquial, e levou a presença de Deus onde residem as pessoas mais pobres daquela região. Na prática ele já podia ser considerado sergipano de coração, mas hoje, finalmente, esse título pode ser oficializado”, declarou.
 
O homenageado
 
Inaldo Luís da Silva nasceu em 03 de setembro de 1969, no município de Colônia Leopoldina, em Alagoas. Filho mais velho do casal Cícera e José Luís, teve uma infância humilde juntamente com seus outros seis irmãos. Desde cedo começou a trabalhar na olaria do pai, fabricando telhas e tijolos.
 
A participação em trabalhos comunitários, através da Pastoral da Terra e a influência do pároco italiano Paulo Gianttoni, lhe indicaram o caminho para vislumbrar um futuro no sacerdócio. Desde essa época, ele já mostrava sua vocação para o trabalho nas comunidades e o diálogo com a população mais carente.
 
Mais tarde, ao se mudar para a capital do estado, Maceió, o jovem Inaldo cursou o ensino secundário na escola Santíssimo Sacramento. Posteriormente, seguiu para vida religiosa onde teve contato com a filosofia, no Seminário Maior. Logo depois, na cidade de Mariana, em Minas Gerais, estudou Teologia, no Seminário São José.
 
No ano de 2000 fixou moradia em Nossa Senhora do Socorro, após assumir a Paróquia São João Batista, no conjunto João Alves Filho. Desde então, empreendeu diversos projetos sociais para a comunidade do município, destacando-se como um dos grandes líderes da população socorrense.
 
Em 2007, Padre Inaldo foi convidado pela comunidade de sua paróquia para adentrar na vida política, no entanto não aceitou. Porém, em 2011, decidiu filiar-se ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e montar uma chapa para disputar o pleito de 2012. O resultado do seu empenho foi os 32.800 votos alcançados logo em sua primeira disputa.
 
No ano de 2014 disputou uma vaga na assembleia legislativa de Sergipe, tendo sido eleito deputado estadual, com mandato marcado por sua principal característica: o cuidado com o seu povo.
 
Já em 2016, Padre Inaldo novamente disputou a eleição para a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro sendo eleito com cerca de 70% dos votos válidos, ou seja, 35 mil 190, concretizando assim o sonho de governar o município de Nossa Senhora do Socorro.
 
fonte:ASN

Veja também