Você está em: Início / Cultura / São Cristóvão celebra 430 anos nesta quarta-feira, 1º de janeiro

São Cristóvão celebra 430 anos nesta quarta-feira, 1º de janeiro

01/01/2020

Neste 1º de janeiro, quarta-feira, São Cristóvão completa aniversário, e a Cidade Mãe de Sergipe, que foi concebida em 1590, sendo a quarta mais antiga do Brasil, traz consigo até hoje o orgulho de ser o ventre que gerou todo o estado. Numa área de mais de 438 mil Km² abrigando uma população de cerca de 100 mil habitantes, São Cristóvão celebra 430 anos permanecendo como centro cultural e turístico do estado.

Repleta de riquezas materiais, com prédios e igrejas tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), o município possui a Praça São Francisco, um dos maiores símbolos da história de Sergipe, reconhecida como Patrimônio Mundial pela Unesco. O município também é detentor de uma efervescência cultural que poucos locais do país possuem. Grupos folclóricos, bandas consolidadas no mercado nacional e internacional, festas de cunho religioso como: Senhor dos Passos, procissão do Fogaréu, a procissão e confecção dos tapetes de Corpus Christi, são exemplos disso.

Sem contar nas tradicionais celebrações que já fazem parte do calendário da população sergipana e sancristovense, como o Festival de Artes de São Cristóvão, o Carnaval dos Carnavais, e o São João da Tradição. De acordo com o prefeito Marcos Santana, nos últimos anos a Prefeitura tem atuado no sentido de manter as tradições já existentes, reforçando o orgulho do povo para com a sua cidade.

“São Cristóvão é uma cidade repleta de riquezas, mas a maior delas e para a qual trabalhamos desde que assumimos é o povo. Estamos nos últimos três anos trabalhando diariamente para dar uma melhor qualidade de vida para a população da nossa cidade, seja na área da educação, saúde, serviços urbanos e tantas outras que nos competem. Sabemos que fizemos muito, mas reconhecemos que há muito a ser feito ainda porque queremos que os moradores tenham orgulho da sua cidade de origem, assim como eu que sou sancristovense também tenho” destacou o prefeito.

História

O município foi sede do poder político entre 1590 e 1855, sendo núcleo das decisões mais importantes de Sergipe. A religiosidade juntamente com a política dominaram os primeiros anos, trazendo para São Cristóvão o olhar dos estrangeiros: holandeses, franceses e portugueses, todos brigando com índios de origem Tupi por um punhado da terra produtiva.

Inicialmente chamada de “Cidade de Sergipe”, era o cerne do poder. Depois recebeu o nome de “Cidade da Vitória”, como uma alusão à padroeira Nossa Senhora da Vitória. A transferência da capital, 300 anos depois da fundação, aconteceu por questões políticas, embasadas no fundamento econômico, mais precisamente na exploração do açúcar. Deixando pra atrás a estrutura física e o povo, que apegado ao local permaneceu fincado à cidade.

Programação 

Para comemorar a data, será realizada uma tradicional missa de ação de graças, que está marcada para às 19h, na Igreja Nossa Senhora da Vitória, Centro Histórico.

Com informações da Prefeitura de São Cristóvão


Veja também