Você está em: Início / Notícias / Aglomeração em ônibus aumenta preocupação e ações nos terminais

Aglomeração em ônibus aumenta preocupação e ações nos terminais

25/03/2020

Após pedido da promotora de justiça Euza Missano, do Ministério Público Estadual (MPE), a Superintendência Municipal de Trânsporte e Trânsito (SMTT) está intensificando o trabalho de orientação e fiscalização de aglomeração de passageiros nos terminais de integração do transporte público de Aracaju. Em parceria com as empresas do setor, todos os terminais dispõem de profissionais para evitar que as pessoas fiquem a menos de um metro de distância uma das outras, e não excedam o limite de passageiros dentro do ônibus, conforme estabelecido em decreto na última semana, com restrições para combater a pandemia do coronavírus.

O decreto publicado pela Prefeitura de Aracaju estabelece que os ônibus não podem circular com passageiros em pé. O limite do veículo é o de assentos disponíveis no ônibus. Apesar de não ter o poder de proibir a entrada de mais passageiros nos ônibus, os profissionais das empresas estão alertando sobre os riscos da aglomeração, e para a SMTT, a medida tem surtido efeito. De acordo com a assessoria de comunicação, na última segunda-feira, 23, foi observado uma redução de 74% no número de passageiros – queda considerada positiva nesse cenário de isolamento social.

A higiene é outra medida que está recebendo uma atenção especial. De acordo com a SMTT, os ônibus estão passando por limpezas não só na garagem, mas também durante os momentos de repouso nos terminais. Equipes estão distribuídas pela capital para realizar a higienização dos ônibus.

Desde o início dessa semana o transporte público em Aracaju vem circulando com 30% da frota reduzida, fora dos horários de pico. Em horário de fluxo, a frota volta a normalidade. Nos finais de semana, a redução da frota é de 50%. As medidas visam diminuir a circulação de pessoas nas ruas.

Por Ícaro Novaes


Veja também