Você está em: Início / Notícias / Belivaldo participa de inauguração da Escola Municipal José Souza de Jesus no bairro 17 de Março

Belivaldo participa de inauguração da Escola Municipal José Souza de Jesus no bairro 17 de Março

11/05/2018

A nova unidade de ensino leva o nome de José Souza de Jesus, importante sindicalista sergipano

O governador Belivaldo Chagas participou da inauguração da primeira Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) do bairro 17 de Março, Escola José Souza de Jesus.  A entrega foi feita pelo prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, na manhã desta quinta-feira (10).  A nova unidade de ensino leva o nome do sindicalista e bancário José Souza de Jesus. A inauguração contou com a presença do deputado estadual Garibalde Mendonça, vereadores, lideranças sindicais e familiares do patrono da Escola. 

Para o governador Belivaldo Chagas, a obra demonstra o compromisso com a população do 17 de Março e com uma educação de qualidade e acessível a todos os cidadãos.  “Eu fiz questão de estar presente para prestigiar esse momento tão importante para a comunidade do 17 de Março. O prefeito Edvaldo Nogueira acertou em cheio porque grande parte do quadro desses alunos estava estudando em escolas distantes de sua comunidade, o que traz um sacrifício a mais para esses alunos. Estando aqui no seu próprio bairro, perto da sua família, isso facilita a vida de todos. Um gestor de verdade não pode deixar de pensar na educação. É uma obra extremamente importante, quero parabenizar o prefeito pela sua preocupação e pelo trabalho brilhante, sempre pensando no bem da comunidade”, ressaltou o governador. 
Esta é a segunda escola que Edvaldo inaugura no bairro. A primeira foi de Educação Infantil. A nova escola abrigará 445 alunos.

Segundo o prefeito Edvaldo Nogueira, a nova unidade de ensino reúne o que há de mais moderno em estrutura física, no intuito de proporcionar uma educação de qualidade aos moradores do bairro e adjacências. 

“É uma escola maravilhosa! São mais de 4 mil m² de área, 2.800 m² de construção, todas as salas com ar-condicionado em uma das regiões mais humildes da cidade. Estou muito feliz de poder entregar essa obra. Uma escola que vai melhorar muito a qualidade do ensino aqui no 17 de Março e vai permitir que os meninos e meninas do bairro possam sonhar com o futuro. Possam pensar em ser engenheiros, médicos, prefeitos, presidentes. Quem sabe, se dessa escola sairão os futuros dirigentes da cidade de Aracaju e do País. Estou muito feliz de plantar essa semente, a semente da Educação. Que vai contribuir com a melhoria da qualidade e com a expectativa de dias melhores para as pessoas”, frisou o prefeito. 

O prédio está equipado com 09 salas de aula, biblioteca, salas de informática, vídeo e instrumentos musicais, além de um espaço multieventos. A escola conta, também, com laboratório, dois blocos de banheiros, área destinada a refeições e salas administrativas. Na área externa, um amplo espaço de convivência foi urbanizado e os alunos poderão utilizar uma moderna quadra de esportes coberta com arquibancada.

Feliz da vida estava Tatiana Andreza da Silva Santos, que já matriculou os dois filhos para estudarem na Escola. “Estou muito feliz, meus filhos poderão estudar juntos e mais próximos de casa. Realmente, está muito bela a obra, vou incentivá-los a conservar o espaço para manter sempre essa estrutura”, vibrou a dona de casa. 

A Emef receberá o primeiro seguimento do ensino fundamental, com 18 turmas do primeiro ao quinto ano, divididas nos turnos matutino e vespertino. O trabalho pedagógico será desenvolvido numa perspectiva de educação humanista, voltada para o desenvolvimento integral do ser.
Além de observar a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), será cultivado o conhecimento e gosto pelas artes, em especial a música e a pintura, além de trabalhos manuais com linha, argila e madeira.

Localizada ao lado da Escola Municipal de Ensino Infantil (Emei) doutor José Calumby Filho, a nova Emef completará o complexo educacional do bairro. As crianças que se matricularem na Emei, aos dois anos de idade, poderão continuar seus estudos no mesmo bairro até o quinto ano do ensino fundamental.

Homenagem

A Escola leva o nome de José Souza de Jesus, um dos mais importantes sindicalistas sergipanos, falecido em outubro de 2014. Durante a entrega da Escola, a viúva do homenageado, a jornalista Niúra Belfort, agradeceu a homenagem e lembrou a trajetória de luta de Souza, dedicados aos movimentos sociais. 

“Hoje estamos aqui para prestar uma homenagem a Souza, um ser humano bonito que deixou marcas profundas em nossas vidas. Um homem humildade e simples, quem o conheceu e conviveu com ele sabe disso. Mas, acima de tudo, Souza foi um guerreiro, um grande marido, pai, filho, irmão. Não se deixou abater pelas dificuldades da vida, sabia desde cedo que precisava estudar se quisesse ser reconhecido por sua inteligência e capacidade laborativa. Abraçou a educação e fez dela a base de toda a sua formação, desde que ingressou na Escola Professor Artur Forte, em Carira, depois no Colégio Murilo Braga, em Itabaiana, e também aqui em Aracaju, no Colégio Tobias Barreto. Todas essas são escolas públicas como esta que as crianças do  17 de Março recebem hoje das mãos do prefeito Edvaldo  Nogueira. Crianças que hoje têm uma condição digna de moradia e agora também terão novas oportunidades de estudar em uma escola equipada com o que há de mais moderno em tecnologia, fruto de uma gestão que  se preocupa em ofertar serviços que atendam as necessidades reais, concretas da população”. 

Da mesma maneira, a presidente do Sindicato dos Bancários, Ivânia Pereira, agradeceu o reconhecimento ao sindicalista. “Essa obra eterniza o nome de José Souza. Aqui está a luz que tornará essas crianças defensoras do seu destino. Esse projeto de educação contribuirá enormemente para uma sociedade mais justa e humanitária”, destacou. 

Emocionado, o prefeito Edvaldo Nogueira falou da alegria em estar inaugurando uma obra que leva o nome de Souza. “Eu fico feliz e ao mesmo tempo com uma dor no coração por lembrar dessa pessoa tão importante e que tanto fez  por nosso estado. É uma merecida homenagem a esse homem com uma trajetória belíssima de luta e que faleceu no exercício do seu trabalho”, declarou o prefeito.
 
José Souza de Jesus foi bancário e sindicalista de destaque no estado. Nasceu em Carira (SE), no dia 31 de março de 1958, e teve quatro irmãos. Estudante da rede pública de ensino, durante a juventude passou por escolas de Carira, Itabaiana e Aracaju, onde concluiu o curso técnico de Contabilidade. Trabalhou nos bancos do Estado de Minas Gerais, do Estado do Rio de Janeiro e Banco do Brasil. Filiou-se ao PCdoB e tornou-se militante e dirigente dos diretórios municipal e estadual do partido. Ingressou no movimento sindical e foi dirigente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB/SE).

Foi delegado sindical e membro da Executiva Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (BB), diretor do Sindicato dos Bancários de Sergipe e da Federação dos Bancários Bahia e Sergipe (Feeb-BA/SE). Participou ativamente do movimento pela redemocratização do País, das greves gerais de trabalhadores, entre outros movimentos. Formou-se em Filosofia pela Universidade Federal de Sergipe (UFS) e, em 2007, foi eleito presidente do Sindicato dos Bancários de Sergipe, sendo reeleito duas vezes para o cargo. Faleceu no dia 21 de outubro de 2014, vítima de um infarto.

 

 

 

Fonte: ASN


Veja também