Você está em: Início / Notícias / Governo promove 73 militares do Corpo de Bombeiros de Sergipe

Governo promove 73 militares do Corpo de Bombeiros de Sergipe

24/05/2018

Na ocasião, o governador também entregou duas viaturas ao CBMSE

Na manhã desta terça-feira (22), 73 militares do Corpo de Bombeiros de Sergipe foram promovidos pelo governador Belivaldo Chagas ao lado comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Erivaldo Mendes. A formatura solene dos 58 praças e 15 oficiais foi realizada no Quartel do Comando Geral dos Bombeiros.

"Quero elogiar o trabalho de todos que fazem o Corpo de Bombeiros do Estado de Sergipe. É um momento de dividir esta alegria com os praças e oficiais promovidos, seus familiares e todos que fazem essa instituição. Há também a necessidade de falarmos sobre a melhor estruturação do Corpo de Bombeiros para que a sociedade se sinta mais protegida. Nós não estamos pedindo ou esperando que aconteça qualquer tipo de sinistro, mas é importante termos uma instituição a postos para qualquer eventualidade. Sabemos da capacidade técnica de todos que fazem o Corpo de Bombeiros, mas é preciso também ver sua estrutura, em termos de veículos, toda a instrumentalização necessária e no que diz respeito à estrutura física dos seu prédios. Estamos buscando condições para isso”, destacou o governador.

O comandante Erivaldo Mendes explicou que dentre os 15 oficiais e 58 praças agraciados nesta manhã, 67 estão sendo promovidos pela Progressão por Tempo de Serviço (PTS). “Essa regra foi criada recentemente pelo governo do Estado de Sergipe e garante a progressão à carreira tanto dos policiais militares, quanto dos bombeiros militares. É motivo de grande orgulho, ter uma legislação desse porte, que consegue agregar e garantir ascensão à carreira. Obviamente que nós entendemos que toda promoção nos remete também ao aumento das nossas responsabilidades, que se resumem em melhor servir a sociedade sergipana. Eu queria que os senhores promovidos aqui hoje entendessem esse novo papel e essa nova responsabilidade. Obviamente que devemos comemorar com os nossos familiares e, acima de tudo, com os companheiros de profissão, mas sempre guardar essa nobre missão e que nós possamos servir a sociedade sergipana cada dia melhor", ressaltou.

Belivaldo Chagas também pontuou como a PTS beneficia os militares do Estado de Sergipe. "Isso faz com que a carreira esteja destravada. O que era um anseio dos militares, tanto do Corpo de Bombeiros quanto da Polícia Militar. Isso aconteceu a partir do ano passado e agora a gente vê isso sendo colocado em prática. É um reconhecimento normal, natural, por força de lei. Para que não acontecesse como até então, aquela expectativa de uma carreira travada. Os profissionais trabalhando sem o incentivo que tem que ter. Esse reconhecimento é extremamente importante em qualquer carreira”, enfatizou.

O agora capitão Osnir Chaves falou da felicidade pela promoção. “Passei de primeiro tenente para capitão. Esse momento é muito importante! Foi uma luta enorme. Primeiro a gente agradece a Deus, mas eu também gostaria de agradecer muito ao nosso governador. Essa promoção representa galgar mais um posto, é mais um degrau na carreira, mais responsabilidade e mais segurança na nossa carreira. A promoção é muito importante na vida de um militar. Tenho 23 anos de serviços prestados na corporação. O trabalho do bombeiro eu comparo a um sacerdócio, porque nosso dia a dia, inclusive na folga, estamos sempre preocupados em guardar a sociedade”, afirmou o oficial.

Frankeline Novaes Brasil foi promovida de 2º sargento a 1º sargento por tempo de serviço. Para a praça a promoção é um reconhecimento aos anos dedicados à Corporação e ao serviço à sociedade sergipana. “É uma emoção muito grande receber esta promoção depois de 20 anos de serviços dedicados ao Corpo de Bombeiros. Estou muito feliz por este reconhecimento”.

O momento é uma conquista também para a família dos militares que os acompanham na luta diária como profissionais e cidadãos. “É um reconhecimento muito grande, que me deixa muito satisfeita. Desejo que ela sempre cresça mais e mais”, disse a mãe da 1º sargento Frankeline da Silva, Maria Aparecida Novaes.

Durante a solenidade, o Comando do Corpo de Bombeiros realizou a condecoração de 24 bombeiros com medalhas de tempo de serviços prestados a instituição. Um militar foi agraciado com a medalha de ouro (27 anos de serviço), sete com medalhas de prata (20 anos de serviço) e 16 militares receberam a medalhas de bronze, por terem dez anos ou mais de serviços prestados.

Para o capitão Isaias Souza Santos, condecorado com a medalha de ouro, o momento é para celebrar.  "São 28 anos de serviço. Para mim é uma grande honra porque é mais um reconhecimento da corporação pelos serviços prestados ao longo desses anos. Dediquei a minha vida, minha juventude a corporação. A medalha representa muito, mas o maior sentimento é o de servir à sociedade. Essa é a obrigação de todos nós bombeiros, independente de condecorações".

Viaturas

Na ocasião, o governador também entregou duas viaturas ao Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe. São duas picapes modelo Ranger com tração 4x4, motor turbo a diesel e câmbio automático de seis marchas. Os veículos foram doados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) ao governo do Estado de Sergipe e passam a integrar a frota do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE). 

“Essas novas viaturas irão se somar às viaturas já existentes para melhor atender a sociedade, principalmente em ocorrências de menor potencial. As caminhonetes irão servir principalmente para preservarmos nossas viaturas mais caras e especializadas", colocou o coronel Mendes.

Promoções

Em setembro, o governo do Estado de Sergipe promoveu 107 praças e 24 oficiais. Atualmente, oficiais e praças são promovidos por antiguidade e merecimento e pela PTS, uma conquista da categoria.

A Progressão por Tempo de Serviço é um divisor de águas na história dos servidores militares de Sergipe, que estavam com suas carreiras congestionadas, sem perspectiva de ascensão profissional. A partir dela, foi estabelecido tempo máximo de permanência do militar no posto ou graduação em que se encontra, garantindo a fluidez da sua trajetória na Corporação, independentemente da abertura de vagas.

A importância da PTS na vida do servidor militar sergipano e de suas famílias é imensurável, pois tal medida evita que bombeiros militares permaneçam na primeira graduação por longos anos, como costumava acontecer na Instituição, desmotivando o militar. 

Mais benefícios

Nos últimos anos, o governo do Estado investiu recursos superiores a R$ 17 milhões na renovação da frota de viaturas, de veículos de combate a incêndio, na aquisição de plataforma de combate a incêndio com 57 metros de autonomia, de equipamentos operacionais e de proteção individual e na aquisição de ambulâncias de resgate e de um ônibus para transporte.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
Fonte: ASN

Veja também