Você está em: Início / Notícias / Gonzagão encerra os festejos em ritmo de muito forró

Gonzagão encerra os festejos em ritmo de muito forró

04/06/2018

Iniciativa da Secult teve início no dia 16 de junho e foi encerrada na noite desta terça-feira, 29

Foi ao som da zabumba, do triângulo e do acordeon que o Complexo Cultural Gonzagão encerrou com muita animação os festejos juninos 2010. A iniciativa da Secretaria de Estado Cultura (Secult) teve início no dia 16 de junho e foi encerrada na noite desta terça-feira, 29, dia em que é celebrado o dia do protetor dos pescadores e príncipe dos apóstolos, São Pedro. E para celebrar este santo característico dos festejos sergipanos, o dia de encerramento dos festejos no Gonzagão foi dotado de muita animação e do mais autêntico forró.

Quatro apresentações abrilhantaram o espaço construído pelo Governo do Estado na década de 1990, com o intuito de trazer apresentações que retratassem a cultura nordestina e sergipana para a população. Para iniciar a noite, o Trio Fala Sério esquentou o público com canções do eterno rei do baião, Luiz Gonzaga, e de outros grandes nomes do forró. Em seguida, a animação ficou por conta das quadrilhas Minha Deuza, Cangaceiros da Boa, e Retirantes do Sertão, que prenderam a atenção do público do início ao fim de suas apresentações.

“O Gonzagão é um espaço muito importante para as comunidades que vivem em seu entorno. Este ano, mais uma vez, as quadrilhas e os  trios pé-de-serra que se apresentaram nesse espaço foram genuinamente sergipanos, aproximando as manifestações das pessoas que vivem no Augusto franco, Farolândia, Santa Maria, Orlando Dantas e São Conrado. Uma forma de estimular os sergipanos a  valorizarem e se reconhecerem naquilo que representa a cultura local”, afirmou a secretária de Estado da Cultura, Eloísa Galdino.

Para o diretor do Complexo Cultural, William Conceição Santos, o Gonzagão celebra o que há de mais tradicional e marcante na cultura sergipana, que são os festejos juninos. “Foram 10 dias de festa, em que o público pôde prestigiar as apresentações de trios pé de serra, e de grandes quadrilhas sergipanas.  Os festejos do Gonzagão cumpriu o seu objetivo que era o de trazer a comunidade para o espaço, e resgatar as raízes da nossa cultura, e nós conseguimos isso graças ao Governo e a Secretaria de Cultura, que sempre nos apóiam no que consiste em divulgar para o sergipano aquilo que o pertence”, ressaltou William.

Aprovação

O público que prestigiou o evento era formado em sua maioria por casais, crianças e adolescentes, que assistiam atentos às apresentações dos grupos. “Todo ano eu venho ao Gonzagão e gosto muito daqui, pois é um ambiente para a família, além disso, o espaço tem tradição e caracteriza muito bem os nossos festejos”, afirmou a dona de casa Eliana de Oliveira, acompanhada do marido e da animada filha Vitória, que não parava sequer um instante de dançar ao som do trio e das quadrilhas.

Para a turista baiana Erotildes Silva, os festejos do Gonzagão compõem a grande celebração junina do estado. “Para mim, comemorar os festejos juninos só em Sergipe. Todo ano eu dou um jeitinho para vir para cá no mês de junho para ver de perto essa maravilha de cultura que Sergipe possui, e neste ano, eu tive a oportunidade de conhecer esse espaço, que já me conquistou pela organização e qualidade dos grupos que se apresentaram”, declarou a turista.

O contabilista Arão Braz conheceu os festejos do Gonzagão no ano passado e se encantou com o evento. “É a segunda vez que venho conferir os festejos no Gonzagão e achei que neste ano, os festejos estão ótimos, bem organizados, não só aqui, como também no Arraiá do Povo e Centro de Criatividade, que eu tive a oportunidade de conferir e aprovar”, assegurou Arão.

E não foi só o público que aprovou os festejos deste ano. Os integrantes das quadrilhas também ficaram satisfeitos com o resultado final desta grande festa. A integrante da Quadrilha Minha Deuza, do povoado Patioba, do município de Japaratuba, Luzimeire Vieira, parabenizou o Governo do Estado e a Secretaria de Cultura pela grande celebração realizada nesse período junino. “Nós estamos muito felizes em poder nos apresentar no Gonzagão, pois sabemos que esse é um espaço que preserva as raízes da nossa cultura. O Governo e a Secult estão de parabéns por não só resgatar, como manter viva a tradição das quadrilhas juninas em Sergipe”, comemorou.

 

 

 

 

 

 

Fonte:ASN


Veja também