Você está em: Início / Artesanato / Artesanato sergipano será apresentado no Museu da Gente

Artesanato sergipano será apresentado no Museu da Gente

21/07/2018

A qualificação do artesanato sergipano para a demanda turística é a palavra de ordem da 1ª edição do “Origine-SE”, evento que marcará pelo ineditismo através da apresentação de produtos artesanais com identidade sergipana, frutos da criatividade e mãos hábeis de artesãos do Estado em parceria por designers conceituados, estimulado pela Secretária de Estado do Turismo – Setur e Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, sob a esmerada coordenação do Instituto de Pesquisas em Tecnologia e Inovação – IPTI, cujo lançamento da marca aos lojistas dos segmentos de moda, decoração e artesanato de Aracaju acontecerá no dia 18 de julho, às 19h, seguido da feira que terá como espaço o Museu da Gente Sergipana, no período de 19 a 21, das 10h às 20h.

A originalidade é a essência e o resultado será a fusão do design com o artesanato, resgatando a identidade potencializada nas técnicas genuinamente sergipanas. Portanto, tudo o que traz a alma do lugar, a tradição perpetuada através do tempo, os ofícios herdados das mãos dos antepassados têm um significado todo especial no fazer artístico de cada artesão, levando em consideração o valor patrimonial – material e imaterial – concretizado em produtos embalados pelas narrativas culturais.

“Essa é a seiva do nosso projeto de fomento à qualidade do artesanato adequado à demanda turística em Sergipe. Um impulso à economia criativa que estampa no selo de certificação “Origene-SE” a cultura ancestral, os vestígios da memória e laços de pertencimento. Tudo de maneira original e única”, revela Renata Piazzalunga, co-fundadora e coordenadora da área de economia criativa do Instituto de Pesquisas em Tecnologia e Inovação – IPTI. ?

A noite de lançamento será pontuada por uma rodada de negócios aberta para pedidos e encomendas futuras, onde estarão expostas desde cerâmicas do município de Santana de São Francisco, bonecas de pano da cidade de São Cristóvão, até peças de cestarias produzidas em Santa Luzia do Itanhy, entre outros produtos oriundos de mais três cidades sergipanas, num clima festivo embalado pelo DJ Dolores, além das presenças dos conceituados designers, Sérgio Matos e Kelley White.

Fonte: Infonet


Veja também