Você está em: Início / Cultura / 16º Fici levou mais de 13 mil crianças da rede pública ao cinema

16º Fici levou mais de 13 mil crianças da rede pública ao cinema

30/10/2018

Mais uma edição do Festival Internacional de Cinema Infantil (Fici) se encerra em Aracaju (SE) com a sensação de dever cumprido e expectativa para 2019. As últimas sessões foram exibidas neste domingo, 28, no Cinemark Jardins. No total, a 16ª edição na capital sergipana atraiu 2 mil pessoas para conferirem as exclusividades do Festival nos finais de semana e beneficiou mais de 13 mil crianças da rede pública de ensino e projetos sociais com o acesso gratuito à sétima arte.

Nos dez dias de programação, o Fici exibiu mais de 100 sessões com filmes infantis de 26 países, que agradou à pessoas de todos os gostos e idades. O Fici reuniu curtas, médias e longas-metragens, nacionais e internacionais, em sessões especiais, pré-estreias exclusivas, sessões de dublagem ao vivo, mostras especiais, exibições de filmes inéditos, debates, além das tradicionais sessões O Pequeno Jornalista, O Pequeno Cientista, Novos Jovens e Acessibilidade.

Mãe da pequena Vitória, 7 anos, e funcionária pública, Edite Oliveira, contou que estava doente no primeiro final de semana do Fici e ficou em casa lamentando não poder levar a filha. Mas o segundo final de semana foi a oportunidade para elas conferirem o longa “Gaby Estrella”. “Não podia deixar de prestigiar essa programação diferenciada, que só temos uma vez por ano. Gosto de cinema e faço questão de estimular minha filha a conteúdos de qualidade”, afirmou Edite.

Guilherme Farias, 9 anos, assistiu a três sessões do Fici e ainda queria mais. “Eu consegui ver “O Touro Ferdinando”, “Os Incríveis”, que eu queria muito. Mas seria ótimo se tivessem tantas opções assim todo final de semana. Meu pai também gosta e a gente sempre ia vir”, explicou.

Para Deyse Rocha, produtora local do Festival, através da AVBR Produções, a satisfação de alcançar tantas crianças com educação e cultura é grande. “O nosso público aumenta a cada ano e, no próximo, será ainda maior. O Fici é um festival pensado para a alegria da criançada, mas ao mesmo tempo, é um evento onde toda a família pode se reunir e aproveitar a programação exclusiva”, ressaltou.

A Tela na Sala de Aula

O projeto A Tela na Sala de Aula ofereceu uma programação diferenciada a crianças que nunca foram ou raramente vão ao cinema, com o objetivo de que os filmes sirvam ao professor como ferramenta de apoio à educação. Os filmes exibidos possuem um caderno pedagógico de ideias, com sugestões de atividades, criado a partir dos parâmetros curriculares do Ministério da Educação e dividido por segmento escolar (da Educação Infantil ao Ensino Médio). As sugestões de atividades destes cadernos devem ser utilizadas para reflexão sobre os filmes e fixação dos conteúdos pedagógicos. Em todo país, cerca de 900 mil alunos e professores já participaram deste projeto desde a sua criação.

Deyse Rocha explica a importância de promover esse acesso gratuitamente a alunos de escolas públicas. “Nós organizamos o agendamento das turmas previamente, os alunos já ficam na expectativa e é isso que nos move. O encantamento é notório no sorriso e no olhar de cada criança que participa. Além disso, os filmes também oferecem um conteúdo muito rico para ser trabalhado em sala de aula”, afirma.

Apoio

Através da Lei de Incentivo à Cultura, o Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI) é uma realização e produção da Copacabana Filmes e Produções, Secretaria do Audiovisual, Ministério da Cultura e Governo Federal, com o patrocínio do BRDE, Fundo Setorial do Audiovisual, Agência Nacional do Cinema e Cinemark, com co-produção local da AVBR produções. O apoio local é da TV e FM Sergipe, Portal G1 Sergipe, Casa Curta-SE, Superlux e Shopping Jardins.

Fonte: ascom AVBR Produções


Veja também