Você está em: Início / Notícias / Eleitores de Riachão do Dantas voltarão às urnas em setembro

Eleitores de Riachão do Dantas voltarão às urnas em setembro

17/06/2019

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) definiu para o dia 1º de setembro as novas eleições para escolha do prefeito de Riachão do Dantas. A data foi definida pelos membros daquela Corte Eleitoral na tarde desta segunda-feira, 17, durante sessão plenária. O desembargador José dos Anjos, presidente da Corte Eleitoral de Sergipe, anunciou que o acórdão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassando os mandatos da ex-prefeita Gerana Gerana Gomes e do ex-vice Luciano Gois Paul foi publicado na quinta-feira da semana passada, 13, estabelecendo o trânsito em julgado da decisão judicial pela cassação dos respectivos mandatos.

Na sessão do TRE, o desembargador explicou que a equipe técnica sugeriu seis datas viáveis para realização da eleição suplementar. Os desembargadores avaliaram e optaram pelo dia primeiro de setembro, por oferecer um tempo suficiente para publicação de resolução específica definindo as regras do pleito eleitoral e cumprimento de um calendário próprio a ser estabelecido pelo próprio TRE.

Em consequência de denúncias de conduta vedada, Gerana e Luciano Paul, eleitos em 2016, foram afastados do cargo e, por determinação judicial, o presidente da Câmara de Vereadores do Município, Pedro Santos Oliveira, o Pedro da Lagoa, assumiu o comando da Prefeitura e está exercendo o cargo de prefeito desde o dia 6 de setembro do ano passado.

Gerana e o vice foram cassados a partir de denúncias de prática de crime eleitoral, que teria ocorrido às vésperas das eleições. Conforme decisão do TRE e confirmada pelo TSE, o crime eleitoral teria sido constatado a partir da divulgação de dados de pesquisa não autorizada pelo Poder Judiciário. Na época, exemplares de um jornal impresso sergipano foram distribuídos no município, o que teria criado, no entendimento da Justiça Eleitoral, “uma falsa sensação de vitória” entre os eleitores.


Veja também