Você está em: Início / Notícias / Festejos juninos : Cuidados com a rede elétrica devem ser redobrados

Festejos juninos : Cuidados com a rede elétrica devem ser redobrados

18/06/2019

 mês de junho é tradicional por suas festas, fogueiras e fogos de artifício, tradição que encanta, mas que merece alguns cuidados, principalmente quando se trata de rede elétrica. Para evitar acidentes, a Energisa concessionária de energia de Sergipe,orienta a população a manter sempre distância da rede elétrica e não soltar fogos em direção a postes e condutores de energia.

Outra orientação é não acender fogueiras embaixo de postes ou próximo a rede elétrica. O fogo ou calor em excesso pode danificar cabos e estruturas, causando curto-circuito e até mesmo interrupção no fornecimento de energia. “Nos postes passam fios de média e alta tensão que são extremamente perigosos, e qualquer dano pode causar transtornos e acidentes graves à população”, ressalta Felipe Anderson de Souza, coordenador de manutenção e construção da Energisa.

Os tradicionais enfeites juninos, bandeiras, balões e bonecos de palha, não devem ser amarrados em postes e nem confeccionados em papel metalizado. A recomendação é que toda decoração seja amarrada com barbante de algodão, materiais metálicos podem causar choques elétricos.

Outra tradição é a soltura de balões, considerada crime no Brasil. O toque dos balões nos fios de energia pode causar curtos-circuitos, interrupções no fornecimento de energia e acidentes fatais. Se ele cair dentro de uma subestação de energia, o risco de explosão é grande.

Ligações elétricas

Caso as festas precisem de ligações elétricas provisórias, a Energisa informa que a solicitação deve ser feita com antecedência mínima de 48 horas. “O dono da festa deve contratar um técnico cadastrado no CREA para a emissão do Relatório Técnico (RT) e nos comunicar no prazo de pelo menos 48 horas de antecedência. Enviaremos um engenheiro eletricista que avaliará as condições de segurança e se é possível fazer a ligação provisória”, explica.

Outra recomendação é contratar profissionais para fazer as instalações elétricas, evitando assim acidentes, e não fazer ligações clandestinas, além de sobrecarregar o sistema, elas representam risco de curto-circuito, acidentes graves e é crime previsto no Código Penal Brasileiro. “As ligações clandestinas são muito perigosas e as pessoas não devem fazer, inclusive pedimos a colaboração da população que denuncie esse tipo de prática que põe em risco a vida de todos ligando para o 0800790196. O sigilo é garantido, a única informação que é solicitada é uma referência do local”, garante Felipe.

Barracas, palanques e palcos devem ser instalados com distância mínima de dois metros em relação à rede elétrica. A Energisa orienta a população a ficar atenta à distância da rede durante a montagem e desmontagem das estruturas. Manusear peças, vergalhões e outros materiais perto das redes elétricas pode provocar acidente grave. “Montar palcos, principalmente com a estrutura metálica, muito próximo a rede elétrica pode energizar essa estrutura e eletrocutar quem se encostrar na parte metálica”, alerta.

Acidentes

Em casos de acidentes envolvendo a rede elétrica, a orientação da concessionária de energia é se afastar dos fios caídos, fazer o isolamento do local e não deixar outras pessoas se aproximarem, e ligar imediatamente para o Corpo de Bombeiros e para Energisa Sul-Sudeste para o número 08000 79 0196 (ligação gratuita).


Veja também